Translate

DESTAQUE

GASTRONOMIA: Cervejarias artesanais independentes são responsáveis por mais de 54% dos empregos gerados no setor até outubro


Das 1.757 novas vagas criadas nos primeiros 10 meses do ano, 951 vieram de indústrias com até 99 funcionários. Destaque vai para as empresas com até quatro colaboradores, que foram responsáveis por 800 postos de trabalho


A maior oferta de rótulos e o surgimento de outras marcas nacionais apontam que o mercado cervejeiro está a pleno vapor. O número de cervejarias artesanais mais do que dobrou no Brasil nos últimos cinco anos – hoje são mais de 830 em atividade. E os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostram o quanto o setor está consolidado e contribuindo para a economia do país. Só de janeiro a outubro de 2018, 1.757 empregos foram gerados por cervejarias.

As empresas de pequeno porte – com até 99 funcionários – foram as que mais abriram vagas, totalizando 951, equivalente a 54,13% das oportunidades. O destaque vai para as cervejarias artesanais independentes com até quatro colaboradores, que foram responsáveis por 800 novos postos de trabalho. Entre os estados, Minas Gerais liderou o ranking, com 278 vagas, seguido por Rio Grande do Sul (111) e Santa Catarina (92). 

Já as grandes indústrias – acima de 100 funcionários – geraram 806 empregos no mesmo período. No geral, as unidades federativas que mais se destacaram foram São Paulo (563), Minas Gerais (382), Rio Grande do Sul (191), Goiás (156) e Rio de Janeiro (110).

Segundo o presidente da Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva), Carlo Lapolli, esse resultado mostra a força do setor e evidencia a atuação de empresas que estão iniciando ou se estruturando agora. "O público está cada vez mais exigente com a qualidade dos produtos, o que acaba destacando as marcas independentes. Isso explica o aumento do consumo e, consequentemente, a produção e geração de empregos", explica.

De acordo com ele, este número só tende a crescer. "Estamos trabalhando para fortalecer o setor através de incentivos fiscais e, também, para dar novos espaços às cervejas artesanais. Acreditamos que isso, somado à qualidade do produto, consolidará ainda mais este segmento no país", afirma.

Até setembro de 2018, o Brasil contava com 835 marcas independentes. A expectativa, segundo a Abracerva, é fechar o ano com mil empresas em operação.



Sobre a Abracerva

Entidade que representa cervejarias artesanais independentes, marcas ciganas, sommeliers de cerveja e negócios ligados a essa cadeia, a Associação Brasileira de Cerveja Artesanal (Abracerva) foi fundada em 2013 e abriu oficialmente para adesão em 2017. Já são mais de 200 empresas e profissionais apoiadores. Mais informações em www.abracerva.com.br.





Carlo Lapolli, presidente da Abracerva
Crédito: Bruno Dupon




Divulgamos seu negócio no site e nas redes sociais ! Fale conosco: oresumodamoda@gmail.com

Siga-nos no Twitter:

Siga @oresumodamoda no Instagram !

AS MAIS ACESSADAS DA SEMANA:

ENTRETENIMENTO: Ferrari Flutuando no palco, músico Renato Franchi elogia Drake

GASTRONOMIA: Wine Weekend São Paulo Festival 2019 expõe vinhos de vários países

ENTRETENIMENTO: Musa do América Mineiro, Luanna Lodi arrasa em ensaio para o Bella da Semana

TURISMO: Blue Tree Towers Valinhos (SP) oferece jantar especial no Dia do Vinho

ENTRETENIMENTO: Futura delegada de polícia, Raissa de Albuquerque retorna em ensaio picante para Bella da Semana

GASTRONOMIA: Inove na cozinha, aprenda receitas saborosas e diferentes com a pera

MODA: Chegaram as novas Havaianas O Rei Leão, Hakunamatata no coração e nos pés!

GASTRONOMIA: Blue Tree Towers Caxias do Sul (RS) realiza curso sobre diferentes tipos de vinhos i

MODA: Cursos em parceria com o Senac já estão com inscrições abertas no Clube de Costura

ENTRETENIMENTO: MCB e Urban Taste apresentam Cultura de Boteco na Virada Cultural 2019