Translate

DESTAQUE

DECORAÇÃO: Passo a passo de Páscoa, aprenda a fazer um coelhinho porta pano de prato e prendedor de cortina

Imagem
Já pensou em usar a criatividade e decorar sua casa para receber a Páscoa? As professoras da escola de moda Sigbol Fashion, Cynara Gomes e Marjorie Campos, prepararam um passo a passo dois em um: é um coelhinho que serve como porta pano de prato e prendedor de cortina.
Para fazer o coelinho, você vai precisar de:- Feltro (branco, bege, rosa e vermelho);- Cola quente;- Velcro;- Argola de plástico de 8 cm;- Linha de costura e agulha;- Lápis ou caneta preta;- Plumante. Molde coelho

1º passo: imprima o molde do coelinho e recorte nas cores escolhidas.
2º passo:use o molde do rosto como gabarito para fazer as marcações.
3º passo: usando a cola quente, cole as orelhas, bochechas, nariz e dente seguindo a marcação.
4º passo: una as duas partes das orelhas e costure na mão com ponto caseado ou na maquina com ponto zigue-zague (ou ponto overloque). Faça o mesmo com as patinhas deixando espaço para encher com plumante.
5º passo: posicion…

Siga @oresumodamoda no Instagram !

GASTRONOMIA: Brasil terá 2a Edição do Concurso Nacional de Rabo de Galo


 

Legenda: Vencedores da I edição do Concurso realizado em 2017

 

No evento, que acontecerá em 3 de dezembro, no Leques Brasil Hotel Escola, na Liberdade, bartenders de todo o país vão apresentar receitas inéditas e haverá degustação de Cachaças

 

O drink Rabo de Galo, assim como a Caipirinha, é um patrimônio cultural do Brasil com 64 anos de história. Sua propagação começou na cidade de São Paulo com a chegada de uma fábrica de bebidas nos anos 50. A indústria queria atender os anseios alcoólicos dos imigrantes italianos. No entanto, estes consumidores encantados pela Cachaça não bebiam mais o Vermute, mas apreciavam muito o "ouro líquido brasileiro".

 

Assim, foi criada uma mistura dos dois, inclusive com copo exclusivo, que continha marcação das doses. Segundo relatos, o fundo do copo era mais grosso para aguentar a batida no balcão, na volta do gole. Inclusive, a bebida era para ser chamada de Cocktail, mas a idéia foi rapidamente descartada e substituída pela tradução da palavra em inglês Cocktail, que, em português, significa Rabo de Galo.  

 

O Rabo de Galo, que inicialmente tinha em sua proporção original 2/3 de Cachaça para 1/3 de Vermute, nos dias de hoje não tem uma receita exata e nem há uma técnica fixa de preparo: as bebidas podem ser misturadas num mixing glass com gelo ou no próprio copo de servir.

 

Com essas nuances de preparo se tornou o drink mais consumido pela boemia no Brasil. Por isso, esta bebida, mais do que especial, tem agora voltado para si as luzes dos holofotes, já que o estudo da origem da Coquetelaria Brasileira tem sido objeto de constantes pesquisas de bartenders e mixologistas, que querem resgatar as origens dos drinks.

 

Para despertar o interesse destes profissionais, duas referências mundiais do segmento se juntaram para promover o II Concurso Nacional do Rabo de Galo. O primeiro é Derivan Ferreira de Souza, conhecido como Mestre Derivan, e o segundo o bartender Daniel Júlio.

 

Em 2018, o Concurso Rabo de Galo, que está em sua segunda edição, acontecerá em 3 de dezembro, das 13h às 20h, no Leques Brasil Hotel Escola, na Liberdade. Este evento reunirá bartenders e mixologistas de todo país que prepararão receitas inéditas da bebida e o público poderá degustar gratuitamente as Cachaças expostas no encontro. Para mais informações, acesse: www.facebook.com/pg/rabodegalo.oficialbrasil.

 

Em 2017, o evento atraiu centenas de pessoas interessadas em conhecer mais sobre a origem do drink e seus variados sabores, sendo um verdadeiro sucesso.

 

"Temos o propósito de promover a Cachaça e criar uma grande possibilidade de diversificação de seu uso em cocktails. Para isso, vamos reunir um grande número de bartenders para uma festa de criações diversas e receitas exclusivas do Rabo de Galo, despertando o interesse dos mais jovens profissionais, em relação ao sabor da bebida e sua história", comenta o Mestre Derivan, um dos idealizadores do evento. 

 

Este movimento visa ainda levar o Rabo de Galo a alçar vôos mais altos. O objetivo é que este drink seja o segundo coquetel brasileiro à base de Cachaça a ser inserido na lista da IBA - International Bartenders Association.

 

Essa seleta lista conta com quase 100 drinks considerados os clássicos do mundo e tem como base diversos destilados. Todo barman precisa conhecer e saber fazer estes cocktails.

 

O Brasil já consta nesta listagem com a Caipirinha, que é um drink muito apreciado e conhecido no mundo, sendo a responsável pela disseminação do consumo de Cachaça no mercado internacional.

 

"Queremos aumentar a presença brasileira nesta carta da IBA. Esta inclusão será uma nova jornada e um grande passo para a nossa coquetelaria e também para a Cachaça", explica Daniel Júlio, um dos idealizadores do concurso. 

 

Conheça o perfil dos organizadores do Concurso Nacional do Rabo de Galo:

 

Mestre Derivan – Derivan Ferreira de Souza começou a estudar coquetelaria e bebidas alcoólicas aos 17 anos. Esteve à frente da direção da ABB - Associação Brasileira de Barmen - e dirigiu a IBA - Associação Internacional de Barmen - como vice presidente para América do Sul.

 

Trabalhou atrás do balcão de prestigiados bares que marcam a noite paulistana, como o San Francisco Bay, Bistrô, Tanoeiro Bar, Esch Café. Atualmente é consultor de vários bares de prestígio.

 

Conquistou vários prêmios ao longo de sua carreira, como "O Barman do Ano, pela revista Veja SP, e o Prêmio Gula. Publicou cinco livros, sendo o mais recente "A Coquetelaria ao Alcance de Todos". É um dos organizadores do Concurso Nacional de Rabo de Galo e do Concurso de Caipirinha Paulista no Mercadão de São Paulo para comemorar o centenário da Caipirinha. Para mais informações, acesse: http://www.mestrederivan.com.br

 

 

 

 

 

 

 

Daniel Júlio – Renomado bartender. Estudou Mixologia Molecular, Mixologia Clássica e Mixologia Brasileira. Conhecedor de bebidas e de frutas usadas na preparação de coquetéis especiais.

 

Trabalhou como barman no Bar Número, nos Jardins, ao lado do Mestre Derivan, com Coquetelaria Clássica e Contemporânea. Atualmente está a frente como Chefe de Bar, do Aragon Restaurante, também localizado nos Jardins. É um dos organizadores do Concurso Nacional de Rabo de Galo e do Concurso de Caipirinha Paulista no Mercadão de São Paulo para comemorar o centenário da Caipirinha. Para mais informações, acesse: https://www.facebook.com/daniel.julio.503

 

 

 

 

 

 

 

 

Serviço:

II Concurso Nacional do Rabo de Galo

Data: 3 de Dezembro de 2018

Horário: das 13h às 20h

Local: Leques Brasil Hotel Escola - R. São Joaquim, 216 – Liberdade

Entrada gratuita (proibido para menores de 18 anos)

 


AS MAIS ACESSADAS DA SEMANA:

ENTRETENIMENTO: Ferrari Flutuando no palco, músico Renato Franchi elogia Drake

MODA: Adidas | Alphaedge 4D chega ao Brasil

TURISMO: Blue Tree Towers Caxias do Sul e o Instituto Filhos promovem chá beneficente

TURISMO: ViajaNet traz passagens aéreas com preços especiais para a Páscoa

BELEZA: Lancôme promove atendimento gratuito de maquiagem em todas as lojas da Sephora no Brasil

GASTRONOMIA: Chocolates premiados, ovos veganos e opções de luxo nos produtos Nugali para a Páscoa

GASTRONOMIA: Samba Airport Lagoa Santa (MG) inova com serviço de Salad Bar e Espetaria

ENTRETENIMENTO: Música Brasileira mostra força no exterior através do The Akademia Music Awards em Los Angeles

GASTRONOMIA: Receita Perfetto para a Páscoa

ENTRETENIMENTO: Record TV contrata galã teen Gabriel Moura fenômeno na web para "Jezabel"