Última por @marcosgomesbr

ENTRETENIMENTO: O que você precisa saber para se dar bem nos aplicativos de paquera

Imagem
Encontrar uma companhia em sites e aplicativos de namoro se tornou algo comum. Se antes o flerte era nas baladas, bares ou nas ruas, esses cenários foram substituídos pela paquera online. Mas existem alguns fatores que podem sabotar o sucesso de quem usa esses softwares. O site de relacionamento Universo Sugar revelou os principais deslizes dentro do mundo da paquera virtual, de acordo com as críticas dos usuários da plataforma.Biografia vaziaEngana-se quem pensa que deixando de escrever algo sobre si, fará de você uma pessoa misteriosa ou indiferente. Ao contrário, isso pode ser um gatilho para que seu perfil deixe de ser interessante para quem está "surfando" nos sites de relacionamento. É preciso apresentar o mínimo de informações sobre você, que não sejam limitadas em fotos. As pessoas se questionam, sobre o que você está buscando. Se algo sério ou casual. Tudo isso é considerado na hora da paquera online. O ideal é escrever uma apresentação sucinta, de 20 a 40 palavras …

BELEZA: Empresas ligadas ao mercado da estética terão que se adequar a nova tendência para não acabarem.




Brasil está em uma inversão na sua pirâmide social, passando a ser uma sociedade com mais pessoas acima de 50 anos do que abaixo.

Artigo do especialista em marcas e conceitos, Alvaro Guillermo, sobre a tendência no mercado da estética:


Já faz alguns anos que venho alertando sobre um assunto extremamente importante para todos nós, que é a possibilidade de o ser humano viver em média mais tempo, ou seja, ter uma vida mais longa.


E o que é melhor, com mais qualidade e em atividade. Assim, você ouvirá muito falar de longevidade e longeratividade que é a geração que passa a viver mais e em atividade.


Apesar de a estética ser um dos segmentos que mais cresce no mercado, é a menos tratada. Faltam produtos e serviços específicos. Principalmente porque os poucos que pensaram nisso continuam enxergando os "seniors" de 60, 70 e 80 anos de hoje como aqueles senhores idosos de 50 anos dos anos 1950.


Esta geração é diferente, e acima de tudo tem poder aquisitivo e sabe muito bem o que quer. Não compra qualquer coisa à toa, sabe o valor do tempo, e não vai "gastar" esse tempo em bobagens, ele quer qualidade. Eles estão mudando os hábitos e costumes de consumo.


No Brasil hoje são 54 milhões que é comparada à população da Espanha. Sendo que metade, ou seja, 27 milhões tem renda superior à média da população brasileira. Assim sendo, por questões inerentes à idade, não pretendem guardar esse dinheiro para o futuro. Obviamente gastam muito em saúde e, por isso, tudo o que apresenta uma vida melhor eles prestam atenção. E o panorama para o futuro revela que continuará crescendo e que em 2050 serão 98 milhões.


É importante ressaltar também que tendo ciência desta possibilidade de viver mais e que esta geração acima dos 50 anos de idade serão ativos e maioria, será revisada a forma de encarar o envelhecimento.


Produtos e serviços do mercado de beleza (beauty) – moda, cosméticos, design – terão que ser redesenhados, com conceitos adequados a este novo público, e com uma nova comunicação.


Apesar de sempre ter existido na sociedade pessoas mais idosas, é a primeira vez que o mundo assiste a este tipo de público. Aliados a outras tendências  que cada vez mais se aproximam de nosso cotidiano, como: Co-existência, Co-habitar, Co-trabalhar, a relação cada vez mais amigável com a tecnologia digital, e principalmente a conscientização da importância do Natural, esta geração está mudando totalmente os mercados, a forma de consumir e se relacionar com marcas.


As marcas terão que compreender esta nova identidade de envelhecer.


Aos poucos estamos revendo a relação humana com o tempo, revendo este conceito de tempo e de nossas vidas. Por exemplo, não faz mais sentido desfiles de moda e anúncios com jovens de 18 anos vestindo roupas ou lançando tendências para seniors, esta geração não cai mais nessa.


As mudanças já estão ocorrendo.


Lembrem que recentemente o chinês Wang Deshun desfilou aos 80 anos de idade e foi um sucesso mundial, ele entrou pela primeira vez numa academia aos 50 anos de idade e seu corpo foi admirado aos 80.


Não adianta oferecer produtos cosméticos que prometerão te tornar mais jovem com rostos distorcidos falsamente, estes serão substituídos por rostos que envelhecerão mais saudável. Tudo o que é Fake será duramente discutido e o Natural e saudável valorizado.


Como a falta de foco neste público é geral, faltam campanhas publicitárias que os estimulem a sociedade a repensar os últimos anos de suas vidas. E também estímulos para que este debate esteja na pauta do dia a dia.


Da mesma forma as lojas e os pontos de venda deverão mudar.


O ambiente de morar, também deverá mudar rapidamente, e tampouco existem neste segmento novidades em produtos e serviços para este público.


A casa deverá ser repensada, e mudanças nos ambientes do morar terão consequências imediatas. Para eles memórias afetivas são importantes, mas a felicidade de sentir-se bem será maior.


Essa geração é ativa, quer receber amigos, tem histórias para contar, não precisa sair de casa para se sentir animado (não precisam de algo como a estratégia do gnomo que Amélie Poulain utilizou para tirar o pai de casa no ano 2000).


Como escolher produtos para esta geração? Sua loja está preparada para recebê-los e atendê-los? Você já estudou sobre eles?


Isto era uma tendência nos anos 60, hoje é uma realidade. Não tem volta, ainda bem! Viveremos mais e melhor, já há possibilidade de em 2050 o ser humano viver de 100 a 120 anos bem, e até lá muita coisa nova vai aparecer, que se comentar neste artigo vai deixar muitos assustados.


Os poucos mercados que têm se focado nesse público são o turismo, lazer e gastronomia, mesmo com uma visão equivocada dessas pessoas, tem gerado ofertas, até porque está aprendendo sobre eles na medida em que a demanda é atendida.


Assim sendo, repense seu negócio e inclua esse público que será maioria, ou continue trabalhando para uma minoria em extinção. 

 






Alvaro Guillermo
Celina Germer



DESTAQUES DA SEMANA:

ENTRETENIMENTO: Ganhar seguidores e curtidas no Instagram

Sombrancelhas feitas viram moda no exército dos EUA

MODA: PICCADILLY apresenta sua coleção Primavera/Verão 2018/2019

ENTRETENIMENTO: SEMPRE LIVRE(R) e FOX Lab lançam documentário para falar sobre estigmas da menstruação

MODA: Joalheria promove campanha com até 50% OFF em peças masculinas