MODA: Microfranquia de "garagem" é a aposta da Sigbol Fashion

A tradicional rede passa a oferecer um modelo de negócio mais enxuto e alternativo com investimento inicial de R$ 17 mil


Liane Mota
O modelo reforça o conceito "faça você mesmo"


Há mais de 40 anos atuando no segmento educacional, a rede de franquia Sigbol Fashion apresenta seu novo modelo de negócio. Um formato enxuto da franquia, que é especializada em cursos de confecção e moda, foi desenvolvido com o intuito de viabilizar seu crescimento fora dos grandes centros, além de gerar oportunidade de profissionalização em um setor historicamente informal.


O modelo intitulado negócio de "garagem" poderá ser operado em pequenos espaços de 16m² por apenas uma pessoa reforçando o conceito do "faça você mesmo". Esse tipo de negócio é indicado para cidades a partir de 50 mil habitantes ou grandes bairros das capitais com valor de investimento a partir de R$ 17 mil.


"Oferecemos modelos de negócio variados com o objetivo de estar no maior número de lugares, atingir os mais variados perfis e também de sermos uma boa opção de investimento para quem deseja ter uma microfranquia, com opções de investimento que variam de R$ 17 mil a 79 mil", conta Aluízio de Freitas, diretor da Sigbol Fashion.


Especialização como novo emprego


O momento econômico do País impulsionou os brasileiros a buscarem alternativas para ganhar dinheiro, seja para complementar renda, pagar dívidas ou buscar uma nova profissão. As especializações foram um destino bastante procurado, e tem impactado de forma positiva a expansão de redes do setor educacional.


Entre os motivos para o aumento desta busca está a possibilidade de construir uma nova carreira, por meio de cursos de baixo investimento e curta duração, imprescindíveis para quem deseja aprender uma atividade, sem grandes custos.


Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o índice de confiança empresarial saltou de 78 pontos, em 2016, para 93, em 2017. Para o Ministério da Educação, a procura por especializações já vinha crescendo quase 70%, de 2009 até 2014.


Em maio, a rede registrou um aumento de 57% na procura de cursos, na comparação ao mesmo período do ano passado. Além disso, a projeção é que o número de alunos cresça 40 %, em 2018. Entre os cursos mais procurados para quem deseja seguir uma nova atividade estão o de corte e costura, nova estilista e o de moda pet.


Em poucos meses é possível o aluno aplicar no dia a dia o que está aprendendo em sala de aula. "Fazer barras de calças, trocar zíper, costurar roupas de pet, e criar coleções estão entre as atividades ensinadas", explica o executivo.


A empresa adotou o sistema de franquias em 2011, mas sua história começou muito antes disso, na década de 70. Desde a expansão, a escola ampliou o número de unidades e a grade de cursos. Com 23 unidades em operação, a Sigbol Fashion continua atuando de forma implacável como a única rede de franquias que comercializa cursos de moda no Brasil e no mundo. A empresa fechou 2017 com faturamento de 8,5 milhões e pretende ultrapassar os R$ 11 milhões, em 2018.


Segundo o diretor da rede, o setor da moda vem crescendo no Brasil nas últimas décadas, e é uma boa opção para quem busca uma profissão, assim como abrir o próprio negócio ou simplesmente um hobby interessante.


DESTAQUES DA SEMANA:

MODA: PICCADILLY apresenta sua coleção Primavera/Verão 2018/2019

MODA: Com sorteio de viagem e um ano de compras, lojistas do Norte Sul Plaza apostam em descontos para aumento de vendas no Dia dos Pais

MODA: Dia dos Pais, Loja virtual oferece óculos com até 60% de desconto

ENTRETENIMENTO: A arte para o bem sem fronteiras

GASTRONOMIA: Fernando Oliveira é o campeão da Seletiva Brasil Mondial Du Pain Puratos