EM DESTAQUE:

BELEZA: Franja nunca sai de moda

Imagem
Ela moderniza o visual e está presente, há décadas, em todas as estações do ano. Queridinha pela maioria das mulheres, a franja é indicada para vários formatos de rosto, mas antes de cortá-la é importante que um profissional de confiança avalie se o formato do rosto combina bem com a franja


Eleita para os cortes de cabelo da próxima estação, a franja conquista a cabeça de mulheres de todas as idades. O motivo? Ela é versátil e prática e ainda moderniza e rejuvenesce as mulheres. Mas, a hairstylist Eliane Pavini - profissional com mais de 30 anos com formação nas principais academias do mundo e proprietária do Shampoo Eliane e Rafael Pavini, em Ribeirão Preto, alerta que a franja deve ser feita por um profissional de confiança, pois é ele quem pode avaliar se ela combina ou não com o formato de rosto.

Para este tipo de avaliação, a hairstylist utiliza a técnica fisiognomonia, uma ciência usada na antiguidade por Hipócrates (considerado como a figura mais importante da histó…

BELEZA: Problemas na articulação na mandíbula podem causar dores de cabeça e ouvido

Disfunção pode estar relacionada a uma série de fatores como ansiedade e estresse



O nome é complicado e pode ser a origem de vários problemas como cefaleia, dor no ouvido, nos músculos do pescoço, no ombro e dificuldade para mastigar. A DTM, sigla para Disfunção Temporomandibular, é um conjunto de sinais e sintomas que afeta a musculatura da mastigação, da cabeça, do pescoço e a própria articulação temporomandibular, também chamada de ATM. Essa disfunção tem levado muitos pacientes aos consultórios dentários.


Na avaliação da dentista Maria Paula Borghi, especialista em DTM e dores orofaciais, o aumento do número de pessoas vítimas do problema pode estar relacionado ao aumento da ansiedade e do estresse. "Entendemos que não existe um fator único e isolado para o surgimento das disfunções. Há um conjunto de fatores por trás da DTM, por isso ela é considerada multifatorial. Entre as possíveis causas, podemos relacionar, os traumas na face, a mordida incorreta, o apertamento ou o hábito de ranger os dentes, algumas medicações, alterações musculares e doenças degenerativas das articulações", explica.


A maior incidência acontece em mulheres, na faixa etária é de 21 a 40 anos. As queixas mais frequentes são dificuldade de abrir a boca e para mastigar, estalidos, zumbido e dores que podem atingir a cabeça, a face, o ouvido e os músculos do pescoço e dos ombros. Maria Paula afirma que a disfunção pode estar relacionada a algumas doenças como a fibromialgia e pode acometer pacientes que apresentam o bruxismo (ato de ranger ou apertar os dentes durante o sono ou mesmo quando a pessoa está acordada). A especialista explica que o bruxismo pode estar associado ao uso de medicamentos antidepressivos, principalmente os inibidores seletivos de recaptação da serotonina (como, por exemplo, a fluoxetina e a sertralina) ou os do tipo dual (venlafaxina) que podem causar o chamado bruxismo secundário.


É importante destacar que o diagnóstico só pode ser realizado por um dentista que fará um exame clínico detalhado completo e avaliará alguns hábitos comuns no dia a dia do paciente. "O profissional avalia os músculos, as articulações, os dentes, a língua, a mucosa oral, os movimentos mandibulares, além de questioná-lo sobre a qualidade de sono, as medicações que usa, além de conhecer seus hábitos parafuncionais. Exames complementares como radiografias, tomografias e ressonância das articulações podem ser solicitados para verificar as possíveis causas e o tratamento mais indicado", esclarece Maria Paula.


O tratamento aplicado é diferente para cada paciente e pode incluir o uso de placas protetoras, ajustes na oclusão, medicações, orientações e mudanças comportamentais para melhorar a qualidade do sono, laserterapia, acupuntura, fisioterapia e acompanhamento psicológico. A especialista afirma que "cada paciente é único e não existe uma forma única de tratamento. Infelizmente não podemos afirmar que teremos uma cura completa, principalmente em pacientes crônicos, o que podemos garantir é que, com o tratamento é possível reduzir os sintomas dolorosos com grande melhora na qualidade de vida."



Sobre a Dental Cremer


A Dental Cremer é líder nacional em venda de produtos odontológicos, sendo a primeira one stop shop da odontologia brasileira, disponibilizando tudo que o dentista precisa em um só lugar, por meio da sua central de vendas e loja virtual. Desenvolver soluções inovadoras e garantir praticidade à rotina dos dentistas têm sido os diferenciais da Dental Cremer. A empresa atende 70 mil profissionais, de todas as regiões do país, e oferece mais de 50 mil itens entre produtos e serviços para todas as especialidades.


AS MAIS ACESSADAS DA SEMANA:

BELEZA: Sérgio Led’s apresenta seu novo projeto Mundo da Tattoo

ENTRETENIMENTO: 42ª Mostra | Sessões ao ar livre no vão-livre do Masp exibem clássicos

DECORAÇÃO: Uso da Madeira

ENTRETENIMENTO: Futura delegada de polícia, Raissa de Albuquerque retorna em ensaio picante para Bella da Semana

MODA: Confira o Calendário SPFW n46

MODA: DelRio apresenta sua coleção inspirada nas maiores divas do cinema

ENTRETENIMENTO: Milwaukee apresenta tributo a Red Hot Chili Peppers

GASTRONOMIA: É apaixonado por pão? Aprenda a preparar um Pão sem Glúten

GASTRONOMIA: Comemore o Dia Internacional da Maçã com muito sabor

BELEZA: Marco Boni e Lion mostram os acessórios ideais para compor o look de Halloween