ENTRETENIMENTO: Sesc Pinheiros exibe mostra de Vittorio de Sica

Projeto Tela Clássica oferece sessões gratuitas de 10 dos principais filmes do cineasta, um dos maiores nomes do neorrealismo italiano; ciclo será encerrado com a exibição do documentário “Vittorio De Sica, Minha Vida, Meus Amores”. Foto: Divulgação

Católico, comunista, viciado em jogo, gênio do drama. Vittorio De Sica (1901-1974), um dos principais introdutores do neorrealismo no cinema italiano, é o diretor em destaque na nova mostra do projeto Tela Clássica, do Sesc Pinheiros. Às terças-feiras dos meses de setembro, outubro e novembro, serão exibidos gratuitamente no Auditório dez dos principais títulos da cinematografia de Vittorio De Sica, cujas realizações, de forte carga política e dramática, narradas por meio de histórias de singeleza e humanismo, evidenciam o espírito do povo italiano, sobretudo no período posterior à Segunda Guerra Mundial.


De Sica iniciou sua carreira como ator, em 1917, função que desempenhou até o final da vida – em mais de 50 anos de cinema, além dos 35 filmes dirigidos, atuou em cerca de 150 produções. Capaz de transitar pelo drama e pela comédia com versatilidade, diante ou atrás das câmeras, De Sica possuía grande intimidade para lidar com temas como a pobreza, a fome e a exclusão social, características que o movimento neorrealista revelou e refletiu para todo o mundo. Exemplos notáveis são as obras criadas em colaboração com seu roteirista predileto, Cesare Zavattini, que viraram clássicas do cinema mundial, como “Vítimas da Tormenta” (1946), “Ladrões de Bicicleta”(1948), “Milagre em Milão” (1951) e “Umberto D” (1952), todas contempladas na série de exibições do Sesc Pinheiros.


Sobre Tela Clássica:


Ciclos dedicados à memória e à obra dos cineastas mais representativos da história do cinema mundial. O projeto contempla nomes que inventaram a linguagem fílmica, desbravaram os caminhos da moderna produção cinematográfica e possibilitaram a evolução de uma indústria que une arte, tecnologia e entretenimento. Fritz Lang,Luis BuñuelSerguei Eisenstein e Akira Kurosawa já foram homenageados no projeto.



Dia 29/9 | Milagre em Milão (Miracolo a Milano) Dir.: Vittorio De Sica. ITA, 1951, 100’. P&B. Gênero: Comédia / Drama / Fantasia.
Recomendação etária: 14 anos.
Ao completar 18 anos, um rapaz órfão vai para Milão, onde passa a morar num terreno ocupado por miseráveis, mudando a vida de todos com sua bondade e seus milagres. “Milagre em Milão” é vencedor da Palma de Ouro de Melhor Filme em Cannes, em 1951. Com Francesco Golisano, Paolo Stoppa e Emma Gramatica.

Dia 6/10 | Umberto D (Umberto D)
Dir.: Vittorio De Sica. ITA, 1952, 80’. P&B. Gênero: Drama.  Recomendação etária: 12 anos.
Na Roma dos anos 1950, Umberto é um funcionário público aposentado que vive em companhia de seu cão. Em dificuldades por conta de sua pequena pensão, é despejado por não conseguir pagar o aluguel de seu quarto. Com Carlo Battisti, Maria-Pia Casilio e Lina Gennari.

Dia 13/10 | Ontem, Hoje e Amanhã (Ieri, Oggi, Domani)
Dir.: Vittorio De Sica. FRA/ITA, 1963, 118’. Colorido. Gênero: Comédia / Romance.
Recomendação etária: 12 anos.
Três histórias distintas: na primeira, uma mulher, para evitar ser presa, passa sua vida acumulando bebês, já que a lei não permite que mulheres grávidas sejam condenadas; a segunda desenvolve uma conversa entre uma rica mulher e seu amante, a bordo de um luxuoso carro; na terceira, um jovem e futuro padre sente-se atraído pela luxuriosa vizinha. Oscar de melhor filme estrangeiro.  Com Marcello Mastroianni, Sophia Loren e Aldo Giuffrè.

Dia 20/10 | Duas Mulheres (La Ciociara)Dir.: Vittorio De Sica. ITA/FRA, 1960, 100’. P&B. Gênero: Drama.
Recomendação etária: 16 anos.
A história se passa durante a Segunda Guerra Mundial, quando a capital italiana estava sendo intensamente bombardeada pelos Aliados. Cesira, proprietária de uma pequena mercearia, foge para Ciociara, sua cidade natal, levando consigo Rosetta, a filha de 13 anos. Lá, Cesira conhece e se apaixona pelo intelectual comunista Michele, que acaba levado pelos alemães como prisioneiro. Durante meses mãe e filha esperam pela chegada das tropas aliadas, mas a libertação traz uma tragédia não esperada pelas duas. O filme é baseado no romance “La Ciociara”, de Alberto Moravia. Vencedor do Globo de Ouro de melhor filme estrangeiro. Com Sophia Loren, Eleanora Brown, Jean-Paul Belmondo e Raf Vallone.

Dia 27/10 | O Jardim dos Finzi-Contini (Il giardino dei Finzi-Contini)
Dir.: Vittorio De Sica. ITA/ALE, 1970, 94’. Colorido. Gênero: Drama.
Recomendação etária: 12 anos.
Na Itália da década de 1930, Micol e Alberto Finzi-Contini são filhos de um rico casal de aristocratas judeus. Enquanto o fascismo e o nazismo crescem juntos, os irmãos recebem amigos na propriedade da família para animadas partidas de tênis. Entre os visitantes frequentes está Giorgio, que é apaixonado por Micol. O filme é vencedor do Urso de Ouro de Berlim. Com Dominique Sanda, Lino Capolicchio e Helmut Berger.

Dia 03/11 | Matrimônio a Italiana (Matrimonio all'italiana) Dir.: Vittorio De Sica. ITA/FRA, 1964, 96’. Colorido. Gênero: Comédia.
Recomendação etária: 12 anos.
Na Nápoles da Segunda Guerra Mundial vive Domenico, um empresário bem sucedido e mulherengo. Domenico se apaixona pela jovem prostituta Filumena e se torna seu amante. Após mais de 20 anos de relacionamento, Domenico descobre que Filumena tem três filhos, um deles seu, mas não sabe qual. Com Sophia Loren, Marcello Mastroianni e Aldo Puglisi.

Dia 10/11 | Bocaccio '70 (Boccaccio '70)Dir.: Vittorio De Sica, Federico Fellini, Mario Monicelli, Luchino Visconti. ITA, 1962, 208’. Colorido. Gênero: Comédia.
Recomendação etária: 12 anos.
Quatro dos maiores diretores italianos de todos os tempos apresentam versões satíricas de quatro contos do clássico “Decameron”, de Giovanni Boccaccio, escrito no século XII. Com Sophia Loren, Anita Ekberg, Romy Schneider e Marisa Solinas.

Dia 17/11 | Os Girassóis da Rússia (I girasoli) Dir.: Vittorio De Sica. ITA/FRA/URSS, 1970, 98’. Colorido. Gênero: Drama / Romance.
Recomendação etária: 12 anos.
Passado no final da Segunda Guerra Mundial, o filme conta a história de Giovanna, que se recusa a aceitar a possibilidade do marido ter morrido em combate na Rússia. Ela decide investigar seu paradeiro, mas descobre, numa viagem de trem pelo interior do país, que ele vive com outra mulher. Com Sophia Loren e Marcello Mastroianni.

Dia 24/11 | Vittorio De Sica, Minha Vida, Meus Amores (Vittorio D.)Dire.: Mario Canale e Annarosa Morri. ITA, 2009, 92’. Colorido. Gênero: Documentário.
Recomendação etária: Livre.
O documentário apresenta a vida e a obra do diretor italiano Vittorio De Sica, por meio de materiais de arquivo, cenas de seus filmes e entrevistas com colaboradores e admiradores como Sophia Loren, Clint Eastwood, Woody Allen e Ettore Scola.

Serviço:Tela Clássica: mostra Vittorio De Sica
Data: Até 24/11. Terças-feiras, às 20h
Local: Auditório (3º andar do Sesc Pinheiros; capacidade: 98 lugares)
Entrada gratuita, com retirada de ingressos com uma hora de antecedência.


SESC PINHEIROS
Endereço: Rua Paes Leme, 195.

Estacionamento com manobrista: Terça a sexta, das 7h às 22h; Sábado, domingo, feriado, das 10h às 19h. Taxas / veículos e motos: Matriculados no Sesc: R$ 6,00 nas três primeiras horas e R$ 1,00 a cada hora adicional. Não matriculados no Sesc: R$ 8,00 nas três primeiras horas e R$2,00 a cada hora adicional.






DESTAQUES DA SEMANA:

GASTRONOMIA: Taste of São Paulo, conheça os 80 expositores do Empório Taste na edição de 2018

GASTRONOMIA: Fernando Oliveira é o campeão da Seletiva Brasil Mondial Du Pain Puratos

MODA: Com sorteio de viagem e um ano de compras, lojistas do Norte Sul Plaza apostam em descontos para aumento de vendas no Dia dos Pais

MODA: PICCADILLY apresenta sua coleção Primavera/Verão 2018/2019

TURISMO: Transamerica Executive Sorocaba oferece wellcome drink para reservas online