GASTRONOMIA: Certificações atualizadas de segurança dos alimentos passam a ser foco do mercado

Castrolanda, cooperativa do Grupo Unium, recebeu reconhecimento internacional FSSC 22.000

A busca de grandes multinacionais por parceiros que investem em certificações atualizadas tem crescido e provado a necessidade de normas que garantem a segurança do produto no mercado alimentício. Em março, a Castrolanda Cooperativa Agroindustrial - Unidade Castro, conquistou o certificado FSSC 22.000 (Food Safety System Certification). O reconhecimento é válido para produtos da família do leite e derivados UHT, alimentos enterais UHT, alimentos vegetais UHT e produtos lácteos a granel e seus derivados.

Reconhecido internacionalmente e concedido por empresas especializadas, como a Bureau Veritas (BV), o FSSC 22.000 assegura que as indústrias cumprem com rigor uma série de requisitos legais e estatutários, requisitos de clientes, e normas técnicas das práticas de gestão de segurança de alimentos, que garantem que o consumidor final receba um produto seguro e qualificado. Criada em 2009, a certificação recebeu várias atualizações, sendo a última dela realizada em julho de 2017, passando a valer em janeiro deste ano. A certificação, que é voluntária, é válida por três anos e a empresa se dispõe a passar por auditorias realizadas anualmente.

Investimento em tecnologia e processos produtivos seguros têm se tornado uma tendência no segmento da indústria alimentícia. “A FSSC 22.000 se consolidou como uma das normas mais importantes do mercado e hoje somos uma das poucas indústrias de alimentos no Brasil a receber essa certificação. O objetivo é que, até o início de 2021, a unidade da Castrolanda localizada em Itapetininga e a Frísia também estejam devidamente certificadas”, ressalta Paulo Mauricio, Gerente de Qualidade da área de leite do Unium, que congrega as cooperativas Capal, Castrolanda e Frísia.


Sempre em busca de qualidade

A Castrolanda é mais uma das marcas do grupo Unium que recebeu reconhecimento. Em 2016, a Alegra Foods conquistou o certificado internacional quanto às Práticas de Bem-estar Animal no abate, tornando-se a primeira planta brasileira com essa certificação em bem-estar suíno, fornecida pela WQS. De acordo com o superintendente da Alegra, Ivonei Durigon, essas chancelas fazem toda a diferença. “Reconhecimentos assim são de extrema importância, pois temos percebido que o cliente tem optado por produtos certificados, que dão garantia de controles ambientais, sociais e, principalmente, de saúde”, avalia. 


Sobre a Unium

A Unium é a marca institucional das indústrias das cooperativas Frísia, Castrolanda e Capal e representa os projetos em que as cooperativas paranaenses atuam em parceria. As marcas reunidas pela Unium são reconhecidas pela qualidade e excelência, e entre elas está a Alegra.

A Unium também conta com três marcas de lácteos: Colaso, Colônia Holandesa e Naturalle – esta, de produtos livres de aditivos. No setor de grãos, a Unium conta com a marca Herança Holandesa (farinha de trigo), voltada para o mercado B2B (empresa para empresa). Ela é produzida em uma unidade totalmente adequada à ISO 22.000, o que a qualifica com elevados padrões de exigência.



Vamos divulgar seu negócio aqui e nas redes sociais ?

Destaques da Semana:

TURISMO: Booking.com lista as atrações e os parques temáticos mais diferentes do mundo

TURISMO: Transamerica Prime Guarujá é opção para férias de julho

TURISMO: SWISS inaugura novas lounges Business e Senator em Zurique