ENTRETENIMENTO: Vai começar a 14ª edição do Festival Vale do Café no Rio de Janeiro

Fotos: Divulgação

Música da melhor qualidade, fazendas seculares da região que ficou conhecida como Vale do Café, no interior fluminense: neste cenário charmoso vai rolar entre 21 de julho e 3 de agosto a 14ª edição do Festival Vale do Café.

As  cidades  de  Vassouras, Barra Mansa, Barra do Piraí, Miguel Pereira, Valença, Três Rios, Rio das Flores e Volta Redonda serão palco de shows e concertos em igrejas, casarões, praças e fazendas, além de palestras e cursos.

Este ano, o evento faz uma homenagem aos 100 anos do samba. A data remete ao primeiro samba oficialmente registrado no país na Biblioteca Nacional. A música “Pelo Telefone” foi registrada em 1916 por Donga (1890-1974), mas foi composta coletivamente na casa de Tia Ciata. Com essa música, a palavra samba também apareceu pela primeira vez no selo de um disco de vinil. O Festival Vale do Café vai homenagear a data com apresentações especiais de Jorge Aragão, Teresa Cristina, Carlinhos de Jesus e A Cor do Som.

No primeiro fim de semana, Carlinhos de Jesus apresenta o espetáculo “Samba do Carlinhos”, em Barra do Piraí (22) e Três Rios (23). E Teresa Cristina também marca presença com “Teresa Cristina canta Cartola” em Vassouras (21), Rio das Flores (22) e Valença (23). No segundo fim de semana do festival, é a vez de Jorge Aragão cantar seus sucessos e clássicos do samba em Barra Mansa (29) e Vassouras (30). Já “A cor do som” mostra “Na estrada” em Paty do Alferes (29) e Volta Redonda (30). As apresentações são gratuitas.

As cidades participantes do festival também vão receber o projeto inédito de gastronomia, o “Espaço Cultura dos Sabores”, no qual chefs embaixadores do SENAC, como Teresa Corção, Danio Braga, Frédéric Monnier, Christophe Lidy e Frédéric de Maeyer promoverão aulas-shows abertas ao público. Além disso, em todos os oito municípios haverá um ponto de informações turísticas no dia em que o espaço estiver na cidade.


Outra novidade desta edição é a criação de um circuito de visitação às cachaçarias da região. De sexta-feira a domingo, às 11h, o festival disponibilizará duas vans para o público que quiser conhecê-las. Além disso, os produtores participantes do circuito terão um espaço de apresentação, degustação e venda de seus produtos nas fazendas onde acontecem os concertos do Festival Vale do Café.

E em falando de fazendas históricas, nestes verdadeiros palacetes incrustados na Mata Atlântica, apresentam-se, entre outros, Cristina Braga, Turíbio Santos, Laila Garin, Angelica de La Riva, Marcos Sacramento e Zé Paulo Becker Os ingressos estão à venda pelo site do evento.

Para facilitar o deslocamento do público na região, o Festival Vale do Café também lança um aplicativo para celulares e tablets (IOs e Android) com geolocalização online e offline das fazendas participantes, além de um perfil de cada uma delas e da história da região. A programação completa do festival também poderá ser acessada no aplicativo, que será integrado às principais redes sociais.

Entre os dias 30 de julho a 3 de agosto, acontecerão ainda os cursos de música, com professores renomados, com foco em crianças e jovens, sob a direção de Turíbio Santos. As aulas são totalmente gratuitas e beneficiarão, em média, 200 alunos. Sendo que quase metade destes recebem ainda, bolsas integrais (com hospedagem e alimentação inclusas) para oficinas de violoncelo, contrabaixo, violino, sax, clarineta, trompete, flauta, entre outras, graças ao apoio das Secretarias Estaduais de Cultura e Educação. Somente os 12 concertos nas fazendas são pagos: o restante da programação é gratuita.




EMPRESAS E PROFISSIONAIS

Marcas, Produtos e Serviços



Destaques da Semana:

DECORAÇÃO: Irmãos Fahrer lançam a Empório Fahrer

BELEZA: Elimine a pele ressecada causada pelo tempo seco

GASTRONOMIA: Barbosa & Marques indica queijos para preparar sanduíches